Cães selvagens devorando um Impala

INSCREVA-SE NO CANAL E ATIVE O SININHO DE NOTIFICAÇÃO!
INSCRIÇÃO AQUI https://goo.gl/byyaTo

O mabeco (Lycaon pictus) também conhecido como cão-selvagem-africano ou cão-caçador-africano é um canídeo típico da África que vive em zonas de savana e vegetação esparsa. A espécie já foi comum em toda a África subsaariana (exceto em áreas de floresta tropical ou densa e zonas desérticas). A sua distribuição geográfica actual limita-se ao sul da África especialmente em Namíbia, Zimbábue, Zâmbia, Botswana e sul da África Oriental na Tanzânia e norte de Moçambique. É uma espécie ameaçada de extinção principalmente pela fragmentação do habitat, que aumenta os conflitos com humanos, como perseguição por criadores de gado, acidentes em estradas, doenças de animais domésticos. Como agravante, a espécie naturalmente ocorre em baixas densidades populacionais, mesmo em áreas bem preservadas. A população é estimada em 6600 por toda a África, com cerca de 1400 indivíduos maduros.
É um animal altamente social, passando a maior parte de sua vida em alcateias controladas por um casal alfa, que detêm os direitos de reprodução. Realizam suas atividades em grupo, abatendo grandes animais com trabalho em equipe. Essas alcateias possuem geralmente 7 a 15 indivíduos, chegando a 40. Possuem hierarquias separadas entre os sexos e maior número de machos que fêmeas. O comportamento dentro da alcateia é geralmente pacífico e os confrontos geralmente imitam-se a disputa de fêmeas pela reprodução. Animais doentes ou feridos são protegidos e cuidados pelo grupo. As caças também são divididas entre todos os membros e os filhotes possuem privilégios e prioridade na alimentação. O hábito de regurgitar a comida para outros membros é um dos mais marcantes da espécie e está intrinsecamente relacionado com interações sociais do grupo.
Os cães-selvagens-africanos caçam utilizando do trabalho em equipe, ao anoitecer e amanhecer. Sua estratégia de caça se baseia na corrida e resistência física, com estratégias variadas. Os grandes animais são abatidos à medida que são mordidos enquanto correm, enquanto os pequenos são puxados para baixo. Sua dieta é variada, e inclui principalmente mamíferos de médio porte como gazelas e impalas. As presas são comumente disputadas e roubadas, principalmente por hienas. Também sofrem de predação direta de grandes carnívoros, especialmente leões. Por isso, sua população é bastante influenciada pela presença deles, e tendem a ocupar áreas com menor presença desses animais.
O mabeco é um predador de médio porte, com cerca de 75 a 110 cm de comprimento e aproximadamente 18 a 36 kg de peso. A sua pelagem, muito característica com manchas de castanho, preto, branco e alaranjado, deu o nome científico à espécie: Lycaon pictus significa lobo pintado. A cabeça é em geral mais escura e a cauda termina num tufo branco. As orelhas são grandes e arredondadas e as pernas longas e finas terminam em patas fortes com quatro dedos, diferentemente de outros canídeos

AJUDE NOSSO CANAL: CURTA, COMPARTILHE, COMENTEM E SE INSCREVA NO CANAL





Animais Selvagem